Saturday, 23 August 2014

Summerish Photo Cronology II

 Just got back from my 5 days family vacations!
After participating with Missoula Children's Theatre as a piano accompanist for the Hansel and Gretel play at the NATO base, which was awesome, here's another extensive sequence of photos to sum up these last weeks...

At the local indian restaurant with Teddy <3
Rehearsal's day!
Visiting the King D. Carlos' Park and Gardens at Caldas da Rainha
And the abandoned mansion/pavillion of the Queen D. Leonor at the Park...
A tiny pagoda at the Buddha Eden garden!
A welcoming Buddha.
Looking Back - Zadok Ben-David (2005)
Our beautiful tiles on Óbidos city gate.
A great bookstore and bio-market around Óbidos.
Street details...
Good morning!
The beach in Salir do Porto.
And up we go!...
...It's worth it :)
That's how we roll at São Martinho do Porto.
Crafts, antiques and art objects upon arriving to Alcobaça.
The Monastery of Alcobaça, at last!
Details II...


D. Pedro's tomb...
And his forbidden love, D. Inês de Castro, Queen of Portugal after being executed.

Fatty time at the Pastelaria Alcôa, winner of the best Pastel de Nata of this year.
Details III...
Ruins of a lost castle in Alcobaça...
The Monastery seen from the belvedere.
Chilling at Nazaré again!
The local legend, where D. Fuas Roupinho was saved by his horse/the Lady of Nazareth.
The Lady of Nazareth's Church.
Going to the McNamara's waves viewpoint!
The Fort of St. Michael, the Archangel.
Untitled - Adália Alberto
The cliff where the Legend took place.
No waves that day...
The famous little lighthouse of the Fort.
The last day at the beach with my typical Alcobaça bag.
A final goodbye to the family vacations on the Salir do Porto's belvedere.

Thursday, 14 August 2014

Consumismo Patriota

"Compre o que é nosso"; "Produto de Portugal"; 
"Fabricado em Portugal", "MADE in Portugal"

Há cada vez mais uma propagação/difusão incessante de apoiar os produtos nacionais, a procura de símbolos, rótulos e selos que comprovem que é português, a noção de patriotismo e consumo interno, nacionalização, "mandar lá para fora" o que é nosso, e tudo e tudo e tudo - e ainda bem.
É necessário promover a produção nacional, evitar importações de artigos que são possíveis serem feitos aqui, aumentar as exportações e divulgar o que é nosso pelo mundo.
Ora vejamos, vou à Salsa ver umas calças de ganga ou uma camisola, e tanto são produzidas cá como na China ou na Checoslováquia. Fica assim tão caro serem feitas em Portugal?
Os cereais Nesquik, marca que pertence à Nestlé (Suíça), tem um símbolo muito fofinho que diz que são "fabricados em Portugal". Óptimo! É pena é eu não os comprar, pois não queria cereais de chocolate e não encontro uns portugueses...

É por estas e por outras que fazem com que eu esteja com uma obsessão  (que se está a tornar permanente) de procurar e perseguir fervorosamente marcas lusitanas - sejam de comida, vestuário, estética, artes, o que for, e também de produtos tais que sejam produzidos cá, mesmo que não sejam .
Também gostava de saber porque é que certos nomes que não lembram a ninguém português são dados a estas companhias, mesmo que a sua história e background o justifiquem. Mas porquê Lion of Porches? Ou Fly London? Se fosse só "Fly"... 
   Continuando, descobri um site extremamente útil e interessante, Marcas Portuguesas, que tem por ordem alfabética várias (não todas...) as marcas nacionais, e inclusive muitas produzidas cá, e respectiva história.
Explorando o mesmo, noto que imensas marcas são recentes e fruto desta promoção patriótica - criadas por artistas, novos empresários, uma senhora em necessidade - e nota-se ao passear por Lisboa ou visitar as lojas de merchandise em museus, por exemplo: vitrines com galos, sardinhas, sabonetes e Stos. Antónios vítimas de design, a busca pelo antigo tornado contemporâneo, azeites feitos de tudo menos azeitonas e cereais feitos de tudo menos cereais, e por aí fora. 
  Mas isto é reinventar o que é nosso, pô-lo mais moderno ou ir às raízes. Então e aportuguesar produtos estrangeiros?
   As refeições pré-preparadas são essenciais, hoje em dia, sejam para pessoas que não têm tempo, estudantis de todas as naturezas, com aquela preguiça nocturna... Pensei então em noodles.
   Vamos torná-los um bocadinho tuga e façam lá um Pot Noodle tematizado de azulejos e paninhos com renda com aroma a Carne de Porco à Alentejana, assim com umas ameijôas pequeninas, ou então de Feijoada, Francesinha, Bitoque, Sardinhas Assadas...
Tomem lá uma ideia fresquinha do Paint que não tenho tempo para o Photoshop...
O fulcral disto é mesmo procurar e investir no que é português - além de qualidade, é um design próprio e é nosso.
Fica aqui o site que provavelmente várias pessoas devem conhecer devido ao tal rótulo espalhado nos supermercados, Portugal Sou Eu, onde recomendo darem uma vista de olhos pels pdf's de marcas tanto alimentares como não na secção "Produtos"; até a McBifana do McDonald's está registada!

Ando com uma febre de molhos Paladin, óculos Resso, roupa Cheyenne (mais um nome fantástico que só me faz lembrar os indíos - ups, americanos-nativos) e bikinis Enamorata. Ainda querem mais?
Só não liguem é aos reclames da EDP que essa tem tudo menos de português...

Para terminar, cá vai uma malinha ToinoAbel que é um clássico do nosso artesanato e é linda.
Um must!

Monday, 11 August 2014

Summerish Photo Chronology

We meet again... at last. - Darth Vader
While trying to prepare other actual posts and to fill this enormous gap without posting, here's a lovely sequence of photos of highlights during this summer until now, just after I arrived from my camping vacations.
The Rolling Stones on Rock in Rio Lisbon!
Visiting Guincho (beach) and Cascais  
along with Hamidou and Yomaira!
The view from the Padrão dos Descobrimentos in Belém.
Belém Tower
Quinta da Regaleira- 1st stop when visiting Sintra!
Mystical corners in the estate's garden...
Yomaira's Bacalhau com Natas (Codfish with cream, literally)
The Pena National Palace
Tiny details.. 
"There's no nook in Sintra that is not a poem - Eça de Queiroz"
Walking around in Porto...
The D. Luiz I Bridge and the Douro river
Porto wine caves from the Real Companhia Velha
Oh no! Where are we? :p 

Pork Steak with Mustard Sauce at Martinho da Arcada (1782), 
one of the oldest restaurants in Lisbon.

This year's audition:
3rd mov. of the Sonata in C minor K457 by W. A. Mozart
My workplace for a month - The Museum of Portuguese Music

 "Trauma", from the contemporary (tiny) exhibit "The Ultimate Condition",
by Madalena éme.
My brother's birthday cake - The Best Chocolate Cake [in the World] 
(it's really its name, and it is SO true)
Visiting Nazaré (Nazareth) and São Martinho do Porto with my family...

Finishing supper at Óbidos Medieval Fair.
1st day setting down while camping in Vila Nova de Milfontes.
One of our beaches.
Typical portuguese southern street.
The Mira river going to the sea...

And that's it for now!



P.S.: Check this great HuffPost about Street Art in Lisbon!